Akwavita

R$48,00

1 em estoque

Livro mostra as convergências, as diferenças e os conflitos entre o enfoque da psicologia analítica e da filosofia taoísta. Analisa a possibilidade de uma troca de conhecimentos entre o Oriente e Ocidente. 

Informações Vendas: 11 95038-9112 Só mensagens por WhatsApp

Descrição

Tao e a Psicologia Conceitos do Taoísmo com Psicoterapia

Fale conosco facilmente (Clique no número abaixo) para mais Informações 

11 95038-9112  (Equipe de Vendas) – Somente mensagens por WhatsApp

O leitor embarcará em uma viagem emocionante, terá uma visão histórica e conceitual do taoismo e um panorama evolutivo e minucioso da psicoterapia analítica.

Mostra convergências e diferenças e os conflitos entre a psicologia analítica e filosofia taoísta.

Apresenta, de forma agradável e didática, cenários e histórias taoistas, levando o leitor a compreender as convergências entre o Tao e a psicologia.

“Acompanhado por um guia experiente, o leitor embarcará em uma viagem emocionante, terá uma visão histórica e conceitual do taoismo e um panorama evolutivo e minucioso da psicoterapia analítica”, afirma dr. Wu Tou Kwang, presidente da Federação Nacional de Acunpuntura e Terapia Orientais.

“Ao final da leitura”, escreve dr. Dartiu Xavier, professor da universidade federal de São Paulo, na quarta capa do livro, “tem-se a sensação de que foram abertos caminhos para novas formas de pensar e sentir.

É uma obra inspirada e consistente, que consegue ser séria sem perder a leveza”.

Relação das Emoções e os Órgãos de Acordo com a MTC

Alegria e Susto – Coração
  • A alegria é uma emoção de profundo contentamento e está ligada ao coração.
  • Quando uma pessoa se sente superexcitada e muito alegre pode experimentar agitação, insônia, febre e palpitações cardíacas.
  • No coração se conecta também o amor.
  • O susto é uma emoção de choque e pânico causado por um evento súbito e inesperado.
  • De acordo com a medicina tradicional chinesa, o susto ataca primeiramente o coração (por exemplo, sentindo palpitações)
  • Mas quando se torna crônico, também pode afetar os rins, o órgão associado ao medo.
Raiva – fígado e vesícula biliar
  • A raiva é uma emoção que está associada ao ressentimento, à frustração e à irritabilidade.
  • Na medicina chinesa se diz que emoções do tipo coléricas são armazenadas no fígado e na vesícula biliar.
  • A raiva pode causar pressão alta e tonturas.
Ansiedade – Pulmões e Intestino Grosso
  • A ansiedade é uma emoção relacionada com a preocupação excessiva e isto pode afetar principalmente os pulmões e o intestino grosso, de acordo com a medicina tradicional chinesa.
  • A ansiedade pode impedir uma pessoa de fazer um bom uso de sua energia, o que pode causar falta de ar, colite, úlceras e inflamação do intestino grosso.
  • A preocupação está associada ao estômago.
  • A ansiedade também está ligada ao baço.
Tristeza – Pulmões
  • A dor emocional pode causar desarmonia nos pulmões e problemas na circulação da energia por todo o corpo.
  • A dor pode enfraquecer a vontade de viver, danificar os pulmões e causar doenças respiratórias, de acordo com a MTC.
  • Aos pulmões são associadas as emoções de dor e tristeza.
Melancolia – Baço
  • Melancolia e preocupações excessivas que causam ansiedade, afetam o baço e podem causar fadiga, letargia e falta de concentração. 
  • Melancolia pode também comprometer o sistema digestivo e afetar o estômago com acumulação de gás e inchaço.
Medo – Rins
  • O medo pode causar desarmonia nos rins, de acordo com a medicina tradicional chinesa.
  • O medo extremo pode levar uma pessoa a perder de repente o controle das funções da bexiga e rins.

Sobre o autor Paulo Vicente Bloise

“Estava no final dos anos 80 e, coisa curiosa, durante a leitura da obra (o Tao da Física) eu fixava a atenção nas partes dedicadas ao Tao e me dispersava nas explicações de física moderna.

Abandonei o livro antes do final, não por desgostar dele, mas por sentir que demoraria anos para absorver tal quantidade de informações.

Foi dessa forma, sem perceber, sem intenção alguma, que o taoismo se instalou em algum lugar do meu ser”.

Das leituras às viagens ao oriente e estudo da medicina chinesa, Bloise passa então a percorrer uma longa e frutífera trajetória.

Sempre revelando seu próprio processo de aprendizado, o autor sutilmente nos desaloja das confortáveis fronteiras que separam oriente e ocidente.

Para ressaltar a importância de conceitos milenares como o desapego, o estado de fluidez, o contato com a qualidade geradora que conduz a uma atitude criativa diante da vida.

Expressos nas obras dos sábios que percorriam as antigas estradas chinesas.

Na condição de analista criterioso, acolhe o leitor e o sensibiliza não só para as ricas nuanças de obras primas da literatura chinesa.

Como também para a amplitude, modernidade e liberdade expressas na teoria de Jung.

E se sua escrita nos toca como se tivesse o dom de promover deslocamentos internos. gerando novas possibilidades de reflexão

Esse seu estilo tão próprio, confere ao texto o fascínio daquela via orgânica que os mestres chineses chamavam de “o caminho da água”, a senda do sábio, ou simplesmente, o tao.

*Paulo Vicente Bloise é médico psiquiatra, mestre em psiquiatria pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP) e analista junguiano.

Veja nossa linha de livros dentro da Medicina Chinesa

Veja nossa linha de material de Acupuntura e Livros da área

Informação adicional

Peso 750 g
Informações

BROCHURA 
1ª Edição – 2000 –
Formato: 16 x 23
288 páginas

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Tao e a Psicologia Conceitos do Taoísmo com Psicoterapia- P.Bloise”

Produtos Relacionados