Akwavita - O Espaço da Saúde Integral
Pesquisar no site:  Pesquisar 
Acesse a página inicial da Akwavita  Fale Conosco - O seu canal de comunicação com a Akwavita  Mapa do Site
Terapias Naturais  Voltar
Artigos sobre Estética Corporal
  Marque aqui sua consulta
   Maiores informações

  Estética Corporal e Facial    Artigos sobre Estética Corporal  

O Perigo da Perda de Peso Rápida.

Se o excesso de gordura promove cálculos biliares, a solução lógica é perder peso. Mas há um paradoxo nisso: uma das formas mais certas de estimular o aparecimento de cálculos biliares é a perda rápida de peso.
Na verdade, vários estudos mostram que a perda rápida de peso através de dietas com baixo teor de gordura e poucas calorias (abaixo de 600 calorias e menos de 3 gramas de gordura por dia) pode causar cálculos biliares em até 50% das pessoas que a almejam. O risco é maior nos indivíduos mais obesos e nos que perdem peso mais rapidamente.

Mas, segundo Steven Heymsfield, M.D., do Centro de Pesquisa sobre Obesidade do Hospital St. Lukes-Roosevelt, em Nova York, é possível superar alguns  desses riscos incluindo em cada refeição 5g a 10g de gordura vegetal.
Você pode acrescentar algumas colheres de chá de azeite à sua dieta diariamente, de preferência na parte da manhã. Essa gordura é necessária para estimular a vesícula biliar a esvaziar totalmente a bílis, pelo menos uma vez por dia, retardando o aparecimento de cálculos biliares, além de fazer o intestino funcionar mais.
Pode ser também consumido, a semente de gergelim, de girassol, amêndoas, nozes, castanhas, linhaça, pois além de ter as gorduras boas, os ômegas 3, tem outros nutrientes importantes para o corpo, como o cálcio.
Segundo o Dr. Heymsfield, quando a ingestão de gordura é drasticamente reduzida, diminui a frequência das contrações da vesícula biliar para expelir a bílis no intestino. Assim, a quantidade de bílis aumenta e pode  provocar a formação de cálculos biliares. 
 Especialistas acham que não é seguro perder mais do que um a dois quilos por semana.
©2018 Net4all
Todos os direitos reservados